Street Fighter IV Street Fighter IV
Desenvolvedor: Capcom
Distribuidor: Capcom
Diretor: Takashi Tsukamoto
Produtor: Yoshinori Ono
Compositor: Hideyuki Fukasawa
Arte: Daigo Ikeno
Plataformas: Arcade (Taito Type X²), Sony PlayStation 3, Microsoft Xbox 360, PC (Windows) e iOS
Data de Lançamento: 18 de julho de 2008
Gênero: Luta
Modos de jogo: 1 ou 2 jogadores competitivos
Contexto Histórico
Depois de mais de 9 anos após a terceira e última edição do Street Fighter III, o Third Strike – Fight For The Future, foi lançado nos arcades do Japão o tão sonhado e aguardado Street Fighter IV. O produtor do jogo, Yoshinori Ono, queria resgatar o prestígio que a série Street Fighter conseguiu com a série Street Fighter II no início da década de 1990. Ono já havia trabalhado em alguns jogos passados da franquia mas era sua primeira vez como produtor. Uma curiosidade é que a franquia Street Fighter nunca tinha ficado tanto tempo sem ter um jogo novo.
desenvolvimento
A idéia original já era de utilizar gráficos pré renderizados tanto para personagens e para cenários sem alterar a jogabilidade 2D que sempre foi o ponto forte da série Street Fighter. Caracterizando o estilo de jogo “2.5D”, que é justamente a jogabilidade 2D com gráficos 3D ao invés de usar quadros de animação em desenho, os sprites. Até o presente momento, o último Street Fighter lançado era o Street Fighter EX 3 para PlayStation 2. Muito por isso, Street Fighter IV bebeu muito na fonte desse jogo, herdando várias idéias que foram aperfeiçoadas.
jogabilidade
Ao contrário do que foi falado e especulado, Street Fighter IV possui poucos elementos da série Street Fighter II. O jogo mais parece uma “mistura” aperfeiçoada de Street Fighter III com Street Fighter EX no que diz respeito à jogabilidade. Os gráficos são muito bonitos e pré renderizados em polígonos 3D, com um toque de Cell Shading que deu uma ótima impressão visual ao jogo.
A jogabilidade é bem parecida à do Street Fighter III com adições da série EX. Os golpes especias, obviamente estão presentes assim como os Super Combos e EX moves. Os Super Combos são acionados como o de costume, o comando do direcional duplicado mais qualquer botão de soco ou chute, dependendo o golpe que você for desferir. A barra de Super Combo possui 4 níveis e é preenchida quando você desfere golpes especiais, acertando ou não. O Super Combo só será liberado para execução quando a barra de Super estiver completamente cheia, ou seja, 4 níveis. Já os EX moves são acionados com o mesmo comando do golpe especial referido só que com 2 botões ou 3 botões de soco ou chute, dependendo do golpe que você for acionar (gasta uma barra de Super Combo).
Dois importantes elementos foram adicionados ao jogo. O primeiro deles é o novíssimo Ultra Combo, que pode ser utilizado quando a barra de “Revenge” estiver piscando em vermelho. A barra de Revenge enche cada vez que você sofrer algum dano do seu oponente. Os Ultra Combos são extremamente fortes e podem ser acionados com o mesmo comando do Super Combo só que com 3 botões de soco ou chute (correspondente ao Super Combo do seu lutador) com exceção de Akuma, que tem uma peculiaridade no comando de seu Ultra Combo. O segundo elemento é o Focus Attack que é muito semelhante ao “Guard Break” de Street Fighter EX. Os Focus Attacks são acionados com os dois botões médios pressionados simultaneamente. Ao contrário do Guard Break do Street Fighter EX, os Focus Attacks de Street Fighter IV não consomem uma barra de Super Combo, e como se não bastasse isso, tem também um efeito de “Super Armor” (Super Armadura) que são quebrados com vários acertos em sequência, ou com algumas categorias de golpes com efeito de quebra de armadura, como por exemplo alguns golpes especiais, Super Combos e Ultra Combos. Pode-se cancelar um golpe especial aplicando o comando de Focus Attack. Essa nova técnica foi denomida EX Focus. Ao cancelar um Focus Attack utilizando-se de esquiva rápida para frente ou para tras após ter tomado um acerto fará com que esse dano seja absorvido pelo Focus, sendo recuperado gradativamente com o tempo. A recuperação do dano vai ser encerrada se durante esse período de tempo o oponente acertar outro golpe em você. Existe recuperação rápida de queda, que pode ser executada em alguns casos e em outros não. A barra de “stun”, presente em Street Fighter III foi removida, mas ainda existe a situação de tonteamento. Apertando rapidamente todos os botões vai te ajudar a se recuperar mais rapidamente do estado de tontura, como sempre.
Os avanços e retrocessos rápidos estão presentes assim como no Street Fighter III, apertando rápidamente duas vezes para frente ou para trás. É possível escapar de agarrões usando-se de “Technical Hit” usando o mesmo comando de agarrar ao ser agarrado. Reversals e Counters também estão presentes no jogo como uma forma de evento bônus quando algumas circunstâncias são preenchidas, semelhante ao que acontecia em Super Street Fighter II Turbo, por exemplo.
A provocação “Personal Action” também está presente em Street Fighter IV. Essa ação pode ser executada apertando Soco Forte e Chute Forte ao mesmo tempo.
personagens
Todos os personagens do Street Fighter II clássicos estão presentes (Ryu, Ken, Dhalsim, E-Honda, Chun-Li, Guile, Zangief, Blanka,Balrog, Vega, Sagat e M. Bison), além de 3 secretos: Akuma, Gouken e Seth (este último é o chefe do jogo, uma criação de laboratório super poderosa bem parecida com Gill de Street Fighter III) e também 4 personagens novinhos em folha: El Fuerte (mexicano, cozinheiro, lutador de luta livre com apelo cômico), Rufus (gordinho, estadunidense, hilário com um apelo de Dan Hibiki no que diz respeito ao humor),Abel (francês, lutador de rua com golpes de agarrar muito semelhantes aos do Alex de Street Fighter III) e Crimson Viper (estadunidense, possuidora de uma roupa especial dotada de poderes de fogo e raio)
As versões caseiras para Sony PlayStation 3 e Microsoft Xbox 360 ganharam 6 personagens extras. São eles 2 dos chamados “The New Challengers” de Super Street Fighter II (Fei-Long e Cammy), Gen (Street Fighter 1), Sakura (Street Fighter Alpha 2), Rose (Street Fighter Alpha) e Dan (Street Fighter Alpha).
controle

A interface das versões caseiras PlayStation 3 e Xbox 360 está muito bonita e amigável. Os modos Arcade, Versus e partidas online através das redes Xbox Live e PlayStation Network estão presentes. Muitas configurações do jogo podem ser alteradas no menu de opções além do jogo contar com uma galeria de artworks que pode ser visualizada com facilidade. Quanto ao controle, está mais preciso do que nunca. O modo clássico de 3 botões de soco e 3 de chute foi mantido. O controle do Xbox 360 não favorece muito o jogador e o do PlayStation 3 também não é dos mais recomendados. A solução para isso seria comprar um dos gamepads ou arcade sticks oficias desenvolvidos pela empresa Mad Catz, que é licensiada pela Capcom.

Autor: Junião & Deco

Tags relacionadas: Street Fighter IV, SFIV, SF4

artworks